0
0
0
s2smodern
Ato em Florianópolis, 15 de março. Foto: Portal Catarinas

Por Giselle Marques

 

Nessa lei da meritocracia, pessoas apontam para o mar de sangue julgando quem tem maior merecimento em sair dele, pelo tempo que conseguem suportar com a cabeça para fora.

Você acha que é roleta russa? Não, é bala que sabe onde, quando e quem.

Você me diz que essa mulher negra é exceção? Eu lhe digo que ela é a regra.

Olhe para o banco do seu carro confortável, elas não estão lá.

Se desfila com Louis Vuitton, elas não estão lá

Convida para beber Chandon? Quem vai desfrutar?

Olhe para a maioria dos teus colegas na universidade, quem está lá?

Terno, camisa de seda, fazendo sua sujeira toda, me diga, quem vai limpar?

Saindo da favela… sim, admita, você sabe quem vem de lá.

Ei você, com a arma na mão, senhor de engenho… Aperte o gatilho e continue decidindo quem sobrevive.

Leia também
:: Minha empregada? Ela é quase da família

Fonte: Portal Catarinas