A Reforma Administrativa de Bolsonaro é um retrocesso para os servidores públicos e para os trabalhadores brasileiros. O único setor que vai sair ganhando com a PEC 32 são os empresários e aqueles que se beneficiam de medidas autoritárias e corruptivas.

Por isso, as entidades representativas dos servidores públicos, entre elas a Fenasps, mobilização ao máximo suas bases para barrar essa Deforma Administrativa que avança no Congresso Nacional. A votação do parecer na comissão especial está prevista para esta quarta-feira, 15 de setembro. As entidades vão cobrar dos deputados em Brasília, que esta reforma não representa uma melhoria para os serviços públicos brasileiros.

Confira a programação:

Segunda-feira, 13 de setembro

Chegada da delegação dos estados.

Às 13h30min: reunião com a Frente Parlamentar do Serviço Público

Terça-feira, 14 de setembro

Às 7h: recepção (pressão) a parlamentares no aeroporto de Brasília, com uso das camisetas da campanha SOS Serviço Público. Término previsto para às 11 horas.

Às 14h: Concentração no Espaço do Servidor ao lado do anexo C da Esplanada dos Ministérios.

Quarta-feira, 15 de setembro

A partir das 9h: Reunião aberta no Espaço do Servidor. Visita a gabinetes.

Quinta-feira, 16 de setembro

Trabalho de pressão sobre os deputados.

#Fenasps

#Fonasefe

#nenhumdireitoamenos

Fonte: Fenasps

Comments fornecido por CComment